resíduos-palácio-gelo-viseu

Gestão e tratamento de resíduos – Palácio do Gelo Shopping

ProjetosComentários fechados em Gestão e tratamento de resíduos – Palácio do Gelo Shopping8165

A NOCTULA – Consultores em Ambiente foi responsável pelo estudo de gestão e tratamento de resíduos produzidos no Palácio do Gelo Shopping.

Este projeto tem como objetivo otimizar a gestão de resíduos equiparados a RU.

Os centros comerciais, pelo facto de serem estabelecimentos de grande porte, onde a população encontra opções para compras, alimentação e diversão, são potenciais geradores de uma elevada quantidade de resíduos, e que causam impacte ambiental. Assim, centros comerciais cuja geração é bastante significativa, têm o dever de desenvolver um plano capaz de minimizar a quantidade de resíduos que seguem para o aterro sanitário, aumentando a sua vida útil.

Este projeto teve como objetivo otimizar a gestão de resíduos equiparados a RU, neste tipo de estabelecimentos. A metodologia desenvolvida para o presente estudo teve como ponto de partida a análise de diversas iniciativas de reciclagem em centros comerciais, abordando também alguns fatores que influenciam as características dos resíduos e a gestão interna nas organizações.

Fique a saber mais sobre Gestão de Resíduos aqui.

Para este projeto, foi efetuado um levantamento das estratégias que melhor orientam os programas de gestão de resíduos nestes estabelecimentos, foram caracterizados os principais fluxos de resíduos e o enquadramento legal, que abordou a legislação referente à gestão de resíduos, visando a sua reciclagem, bem como o correto armazenamento dos mesmos.

Viseu palacio do gelo residuos

Créditos: José Alfredo Fotógrafo

A quantidade de resíduos produzida nestes estabelecimentos é muito variável e depende de um grande número de fatores de natureza física, social e individual, económica, tecnológica e legal. Os resíduos provêm dos lojistas, visitantes e atividades de manutenção e limpeza geral do centro, sendo que as maiores preocupações são os resíduos provenientes da restauração, nomeadamente os bioresíduos e os óleos alimentares.

A adoção de métodos de separação e minimização de impactes depende de decisões e ações da gestão e da colaboração dos lojistas, tornando-se essencial promover ações de sensibilização, de forma a educar os lojistas, funcionários e o público em geral, sobre os procedimentos de reciclagem, através de informações simples e concisa sobre o que fazer. Esta etapa torna-se essencial, pois o sucesso do programa dependerá em muito da aceitação e cooperação entre todos.

Benefícios esperados

Com a implementação das recomendações sugeridas por este relatório espera-se que o gestor obtenha os seguintes resultados:

a) Prevenção, melhoria e recuperação da qualidade ambiental;

b) Condições para o desenvolvimento socioeconómico;

c) Maior aproveitamento dos resíduos recolhidos de forma seletiva e consequentemente redução da quantidade de resíduos encaminhados para aterro;

d) Melhoria nas parcerias entre a Administração, lojistas e órgãos afetos à gestão de resíduos por meio de apoio logístico e acessória técnica;

e) Dinamização e autonomia de trabalhos realizados no centro comercial, relacionados com a gestão os resíduos;

f) Educação e consciencialização da população sobre a importância da recolha seletiva;

g) Redução dos custos do programa.

Ainda existem muitas dúvidas sobre como devemos separar corretamente os resíduos. Por exemplo, sabe em que ecoponto deverá colocar a esferovite? O portal NOCTULA Channel dá-lhe a resposta: http://noctulachannel.com/?p=1165.

Caso necessite de algum serviço nesta área não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.

Related Posts