Drones com câmara termográfica monitorizam painéis solares fotovoltaicos

Blog, Energia Eólica, Energia Solar, Energias RenováveisComentários fechados em Drones com câmara termográfica monitorizam painéis solares fotovoltaicos301

Os avanços e inovações tecnológicas não param de acontecer! O avanço constante da tecnologia na área das energias renováveis, tem proporcionado significativas diminuições dos custos dos materiais e dos processos de instalação, viabilizando dessa forma, os investimentos.

A Energia Solar é atualmente uma das fontes de energia renovável com maior destaque, pois tem apresentado bons indicies de crescimento. Segundo o relatório Renováveis 2017, que mostra o ritmo de crescimento das várias fontes de energia utilizadas no mundo, a geração solar fotovoltaica veio para ficar, substituindo de forma clara os combustíveis fósseis. O relatório demonstra que a energia solar fotovoltaica cresceu muito mais rápido do que qualquer outro combustível, registando aumentos muito significativos na produção de energia limpa.

Com a construção de diversas centrais solares fotovoltaicas por todo o mundo, surgem cada vez mais preocupações com a manutenção, inspeçãocontrolo e, é também nestas áreas que as inovações tecnológicas têm dado cartas.

Com o avanço da tecnologia, o controlo e a manutenção à distância de painéis solares fotovoltaicos e aerogeradores, fazem parte integrante das instalações destes projetos.

A empresa chilena Rentadrone anunciou o desenvolvimento de um sistema de inteligência artificial que permite otimizar os processos de deteção de falhas em painéis fotovoltaicos através do uso de drones e câmaras de imagem térmica.

A inspeção visual ou termográfica é imprescindível para garantir o bom funcionamento das instalações. Uma célula fotovoltaica que deixa de produzir eletricidade tem a temperatura mais elevada, devido ao sobreaquecimento que acontece antes de o sistema falhar. Esta informação pode ser captada pelas câmaras térmicas.

Ao instalar uma câmara que capte imagens térmicas num drone, é possível detetar as células danificadas e elaborar um relatório completo para se poderem realizar as reparações necessárias, disponibilizando igualmente aos promotores dos projetos, um mapa de localização detalhado de todas as falhas detetadas.

No entanto,  a termografia de painéis fotovoltaicos exige condições particulares como por exemplo:

  1. a superfície deve estar seca e sob irradiação solar.

De acordo com a startup chilena, “os métodos convencionais de termografia envolvem mais pessoas, mais infraestruturas, e por isso tendem a ser mais caras se a estrutura a ser estudada for de grande escala”. Ao usar drones são alcançados resultados mais económicos.

O equipamento permite também inspecionar as linhas de alta tensão como método preventivo, para evitar cortes no serviço elétrico. Através deste sistema é possível preparar um relatório final com o qual é possível planear com maior precisão a manutenção das linhas.

A manutenção/inspeção termográfica pode ainda ser aplicada na avaliação do estado dos aerogeradores nos parques eólicos. As informações adquiridas pela câmara termográfica permitem detetar as falhas existentes, permitindo um bom planeamento de reparação, de forma a que o equipamento possa continuar a gerar energia limpa.


A NOCTULA – Consultores em Ambiente no setor da Energia Solar

A NOCTULA já foi responsável por vários projetos no âmbito da Energia Solar.

Conheça alguns dos projetos desenvolvidos pela NOCTULA:

1) Estudo de Incidências Ambientais da Central Fotovoltaica de Ovar

2) Pedido de Enquadramento em AIA – Central Solar da Vidigueira

3) Pedido de Enquadramento em AIA – Central Solar Fotovoltaica de Selmes

4) Gestão ambiental e acompanhamento arqueológico: Central Fotovoltaica Ovar


Fonte: Renováveis MagazineRentadrone

Related Posts