Walney Extension – O maior parque eólico offshore operacional do mundo

Blog, Energia Renovável Offshore, Energias Renováveis, Energias Renováveis OceânicasComentários fechados em Walney Extension – O maior parque eólico offshore operacional do mundo226

Walney Extension lidera oficialmente a lista dos maiores parques eólicos operacionais do mundo.

Com o término dos trabalhos de instalação durante o mês de junho de 2018, este parque eólico entrou oficialmente em operação no início de setembro, tornando-se o maior parque éolico offshore operacional do mundo.

O parque eólico foi construído pela empresa dinamarquesa Orsted e tornou-se no 11º parque eólico offshore operacional desta empresa no Reino Unido. Situado no mar da Irlanda, junto à costa oeste de Inglaterra, é composto por 87 turbinas eólicas e tem capacidade para gerar 659 megawatts.

Utilizando a mais recente tecnologia de dois dos principais fabricantes de turbinas do mundo, Walney Extension apresenta 40 turbinas eólicas MHI Vestas de 8MW47 turbinas eólicas Siemens Gamesa de 7MW, tornando-se no 1º projeto a usar tecnologia para turbinas de dois fabricantes diferentes.

Ao todo foram necessárias mais de 261 pás que compõem as 87 turbinas. Segundo informações detalhadas do projeto, cada pá da MHI Vestas pesa cerca de 34 toneladas, enquanto que as pás da Siemens Gamesa pesam cerca de 28 toneladas cada.

De acordo com a Orsted, “quando uma pá completa uma volta, a turbina gera energia suficiente para servir as necessidades energéticas de uma família durante um dia inteiro”.

A energia é transportada do parque eólico para a rede nacional britânica através de uma complexa rede de cabos com mais de 200 km, que ligam as turbinas offshore ao National Grid onshore. Possui ainda duas subestações offshore, com cerca de 4.000 toneladas cada.

O parque ocupa uma área de 145 km quadrados e quando atinge a capacidade máxima, consegue gerar eletricidade limpa para cerca de 600 mil casas no Reino Unido.

Benefícios:

Com a conclusão da Walney Extension, a Orsted espera que as operações contínuas de manutenção criem mais de 250 empregos diretos na região;

– Redução dos níveis de CO2 por ano (cerca de 943.282 toneladas);

– Redução dos níveis de SO2 (dióxido de enxofre) por ano (cerca de 21 937 toneladas).

O parque é neste momento o maior do mundo, batendo o London Array, que ocupa a 2ª posição da lista, por 14 quilómetros quadrados. O London Array situa-se na costa sudeste do Reino Unido e gera menos 29 megawatts do que este novo parque eólico.

Apesar da produção de energia eólica ser mais cara quando feita offshore, o Reino Unido continua a apostar na instalação destes projetos, tornando-se líder global em energia eólica offshore.


Aproveita ainda para conhecer o Projeto Windfloat Atlantic: Primeiro Parque Eólico Marítimo em Portugal


A NOCTULA – Consultores em Ambiente já coordenou vários trabalhos em Parques Eólicos.

Conheça os nossos serviços na área das energias renováveis.

Caso necessite de algum serviço nesta área não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.


Fonte: TekOrsted

Imagem de destaque: Retirado do site da empresa Orsted

Related Posts