fbpx

Novo prazo para o licenciamento de centrais renováveis

Os promotores de novos projetos de energia renovável podem, até ao dia 15 de Maio, avançar com pedidos de licenciamento de produção em regime geral, junto da Direcção-Geral de Energia e Geologia.

Jorge Seguro Sanchez, secretário de Estado da Energia, comunicou o novo prazo para licenciamento de centrais renováveis,  no âmbito da estratégia do Governo de aposta crescente em energia renovável concorrencial e sem recurso a subsidiação que sobrecarregue a fatura das famílias e das empresas.

O comunicado faz um balanço das medidas de promoção do solar fotovoltaico e refere que durante a atual legislatura já foram aprovadas 11 centrais de tecnologia fotovoltaica de concentração, em regime de mercado, com uma potência instalada de 457 megawatts.

Esta opção de política energética evita que com esta potência renovável solar autorizada, haja um sobrecusto de 163 milhões de euros para o sistema elétrico nacional, ou seja, para os consumidores.

O comunicado explica ainda que o licenciamento de centrais em regime de mercado obriga à reunião de todos os pareceres e autorizações favoráveis necessários, incluindo a viabilidade de receção de capacidade elétrica na rede nacional, e esclarece que, caso não existam mais pedidos para o mesmo local da rede elétrica, cuja soma esgote a potência disponível, é proposta a emissão de licença de produção.

Fonte: Instalador

NOCTULA – Consultores em Ambiente presta diversos serviços para o setor das Energias Renováveis, em todas as áreas de intervenção:

  • Pedido de Enquadramento no Procedimento de Avaliação de Impacte Ambiental (AIA);
  • Estudos relacionados com os procedimentos de Avaliação de Impactes (EIA) e Incidências Ambientais (EIncA);
  • Relatórios de Conformidade Ambiental do Projeto de Execução (RECAPE);
  • Elaboração e Implementação de Medidas Minimizadoras e Compensatórias.

 

Caso necessite de algum serviço nestas áreas, não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.

… o que interessa deve ser partilhado!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.