fbpx

Registo de embalagens não reutilizáveis

A publicação do Decreto-Lei n.º 73/2011, de 17 de junho de 2011 introduziu alterações ao artigo 5º do Decreto-Lei n.º 366-A/97, de 20 de dezembro na redação atual, referente ao cumprimento de obrigações relativas à gestão de embalagens e resíduos de embalagens.

Os responsáveis pela primeira colocação no mercado de embalagens não reutilizáveis de matérias-primas e de produtos embalados, com exceção daqueles que as utiliza exclusivamente para consumo próprio nas respetivas instalações e objeto de um circuito fechado no seu processo de utilização, ficam sujeitos ao regime constante no Decreto-Lei n.º 178/2006, de 5 de setembro, alterado pela Lei n.º 64-A/2008, de 31 de dezembro, e pelos Decretos-Leis n.ºs 183/2009, de 10 de agosto, e 73/2011, de 17 de junho, bem como à obrigação de inscrição e registo no sistema integrado de registo eletrónico de resíduos.

A Agência Portuguesa do Ambiente, no termos do n.º 6 do artigo 5º do Decreto-Lei n.º 366-A/97, de 20 de dezembro, na sua redação atual, disponibilizou, até à data, um ficheiro Excel para download para efeitos de reporte de informação obrigatória. O reporte de informação deverá agora ser feito através de um formulário próprio, criado para o efeito, que se encontra no seguinte link.

O prazo para a submissão do formulário é até ao dia 31 de maio. As entidades que já preencheram o formulário Excel com reporte das quantidades em causa não necessitam de fazer novo preenchimento este ano, iniciando o reporte no novo formulário apenas para o próximo ano.

Para mais informações, consulte AQUI.

… o que interessa deve ser partilhado!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.