parque eólico central eólica aerogeradores sobreequipamento

Estudo de Incidências Ambientais – Repowering do Parque Eólico Picos Verdes I

Blog, Energia Eólica, Energias Renováveis, ProjetosComentários fechados em Estudo de Incidências Ambientais – Repowering do Parque Eólico Picos Verdes I2594

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pagePin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

A NOCTULA – Consultores em Ambiente foi responsável pelo Estudo de Incidências Ambientais (EIncA) do projeto de Repowering do Parque Eólico Picos Verdes I, localizado no Algarve.

O parque eólico de Picos Verdes I encontra-se em funcionamento desde julho de 1998, não tendo sido sujeito a Avaliação de Impacte Ambiental, uma vez que o seu licenciamento ocorreu anteriormente à publicação do primeiro diploma que estabeleceu o regime jurídico da avaliação do impacte ambiental.

O projeto de repowering do parque eólico de Picos Verdes I consiste na instalação de 1 aerogerador de 2,05 MW, na freguesia de Budens, concelho de Vila do Bispo, distrito de Faro, a uma distância aproximada de 230 m a noroeste da subestação dos parques eólicos de Picos Verdes I e da Raposeira, atualmente em funcionamento. O projeto insere-se no Sítio de Interesse Comunitário (SIC) PTCON0012 – Costa Sudoeste.

O parque eólico de Picos Verdes I, atualmente em funcionamento, é constituído por 4 aerogeradores de 0,5 MW de potência unitária, totalizando uma potência instalada de 2 MW, e produzindo anualmente, em média, 5,57 GWh/ano.

A avaria de um dos aerogeradores, tornando-o irreparável devido ao seu ano de fabrico e ao facto de já não fazer parte da linha de produção do fabricante (Enercon), causou perdas de produção e criou o alerta para o facto de que o mesmo possa vir a acontecer aos restantes aerogeradores. Uma vez que o parque eólico de Picos Verdes I ainda se encontra em fase de amortização do investimento, por questões económicas torna-se necessário proceder à substituição dos 4 aerogeradores obsoletos por uma máquina atual.

O novo aerogerador a instalar, pressupõe a prévia desativação dos 4 aerogeradores existentes, e tem a sua implantação prevista para o local onde atualmente se encontra um dos aerogeradores. Irá utilizar toda a infraestrutura elétrica do parque eólico existente, nomeadamente, a rede de cabos subterrânea entre o aerogerador e a subestação, bem como a linha elétrica aérea, não sendo necessária qualquer intervenção a este nível.

parque eólico Avaliação de Impacte Ambiental (AIA)

Pelo exposto, o repowering do parque eólico de Picos Verdes I permitirá reduzir o número de aerogeradores ativos em 75%. Consequentemente, o projeto de repowering do parque eólico de Picos Verdes I, promove uma redução muito significativa dos impactes causados em vários elementos do ambiente nomeadamente a população, a fauna, a flora, o solo, a água, entre outros.

O parque eólico de Picos Verdes I enquadra-se nas linhas de desenvolvimento preconizadas pelo Governo Português no que diz respeito à “Dinamização do Cluster das Energias Renováveis” (Resolução de Conselho de Ministros n.º 169/2005, de 24 de outubro), estratégia fundamental para o cumprimento dos objetivos estipulados para Portugal, no que diz respeito à redução das emissões de gases com efeito de estufa.

Com o projeto de repowering, o parque eólico de Picos Verdes I poderá continuar a contribuir para a prossecução dos objetivos assumidos pelo Estado Português, quer no âmbito do Protocolo de Quioto, e dos expectáveis acordos que se lhe seguiram, quer na concretização da Estratégica Nacional para a Energia até 2020 (ENE 2020).


A NOCTULA – Consultores em Ambiente presta todos os serviços relacionados com este instrumento, em todas as áreas de intervenção:

– Pedido de Enquadramento no Procedimento de Avaliação de Impacte Ambiental (AIA)

– Estudos relacionados com os procedimentos de Avaliação de Impactes (EIA) e Incidências Ambientais (EIncA);

– Relatórios de Conformidade Ambiental do Projeto de Execução (RECAPE);

– Elaboração e Implementação de Medidas Minimizadoras e Compensatórias.

Caso necessite de algum serviço nestas áreas, não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pagePin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Related Posts