bombeiros incêndios fogo floresta

Incêndios: área ardida é um quinto da de 2013

BlogComentários fechados em Incêndios: área ardida é um quinto da de 2013983

Os incêndios florestais já destruíram uma área de 8645 hectares em 2014, cerca de um quinto do total registado no mesmo período de 2013.

O 5º Relatório provisório de incêndios florestais do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) revela que, entre 01 de janeiro e 15 de agosto, verificaram-se 5161 ocorrências (824 incêndios florestais e 4337 fogachos), que resultaram em 8645 hectares de área ardida, entre povoamentos (3910 ha) e matos (4735 ha).

Em 2013, no mesmo período em estudo, tinham sido detetadas 8997 ocorrências e 41778 hectares de área ardida.

Em comparação com os incêndios florestais dos últimos 10 anos (2004-2013), até 15 de agosto de 2014 registaram-se menos 61% de ocorrências e menos 87% de área ardida que a média da década.

O distrito do Porto foi o que teve o maior número de ocorrências em Portugal Continental, com 993 situações. No entanto, o distrito da Guarda foi a região com mais área ardida, ao chegar aos 1532 hectares, seguida pelo Porto, com 1273 hectares.

A diminuição, tanto no número de ocorrências como de área ardida, prendem-se com o facto deste ano estar a ser muito mais chuvoso que o normal (o mês de julho foi considerado o mais chuvoso deste século) e com temperaturas médias inferiores ao normal.

Conheça o Forest Fire Finder, criado por uma empresa portuguesa, é o único sistema a nível mundial que permite a identificação de fogos florestais em menos de 5 minutos após o começo do foco de incêndio. Leia mais…

Related Posts