Plano Nacional de Energia – Clima 2030 (PNEC) encontra-se em Consulta Pública

Alterações climáticas, Ambiente, Blog, Energia, Energias RenováveisComentários fechados em Plano Nacional de Energia – Clima 2030 (PNEC) encontra-se em Consulta Pública179

O Plano Nacional Energia e Clima 2030 (PNEC), principal instrumento de política energética e climática para a década 2021-2030, encontra-se em consulta pública no Portal Participa.pt até ao dia 5 de junho de 2019.

Em comunicado, João Matos Fernandes, Ministro do Ambiente e da Transição Energética, explica que Portugal assumiu o compromisso de transitar para uma economia neutra em carbono até 2050, naquele que é o contributo nacional no quadro europeu, para o esforço de combate às alterações climáticas assumido no Acordo de Paris.

O PNEC é o primeiro de um novo ciclo de políticas integradas de energia e clima. O processo de elaboração, que também usufruiu do processo participativo do Roteiro para a Neutralidade Carbónica, “estabelece metas com ambição, sustentadas no percurso que Portugal fez no passado e alinhadas com os desafios do futuro”, afirma João Matos Fernandes.

As principais metas e objetivos passam por atingir:

1) uma incorporação de 47% de fontes renováveis no consumo final de energia e 80% de renováveis na produção de eletricidade;

2) reduzir para 65% a dependência energética do exterior e reduzir em 35% o consumo de energia primária;

3) assegurar que os consumidores tiram partido da significativa redução de custos associada ao reforço da produção de eletricidade com recurso a fontes renováveis, em particular a partir do sol e do vento.

Para João Galamba, Secretário de Estado da Energia, este é um compromisso ambicioso e exigente, no entanto, afirma que Portugal, por importar todo o petróleo, gás e carvão que consome, tem a obrigação de ser ambicioso na descarbonização da economia e ir além dos mínimos exigidos pela Comissão Europeia.

A apresentação do PNEC até final de 2019 é uma imposição europeia, que através da aprovação da nova Diretiva das Energias Renováveis (RED II), definiu que cada Estado-Membro deveria elaborar um Plano Nacional de Energia e Clima, onde incluísse as metas nacionais, os contributos, as estratégias e as medidas para cada uma das cinco dimensões da energia:

  1. descarbonização;
  2. eficiência energética;
  3. segurança energética;
  4. mercado interno da energia;
  5. investigação, a inovação e a competitividade.


NOCTULA – Consultores em Ambiente, presta diversos serviços no setor das Energias Renováveis (Eólica, Solar e Hídrica).

Consulte os nossos serviços: clique aqui. Para conhecer alguns dos nossos trabalhos, clique aqui.

Caso necessite de algum serviço não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.


Fonte: Portal participa

Related Posts