fbpx

Coradia iLin o comboio elétrico movido a hidrogénio

Numa estratégia de redução da emissão de gases de efeito estufa (GEE), a Alemanha tem vindo a implementar algumas medidas que visam reduzir as emissões dos GEE, tendo em conta os novos parâmetros que a UE está a exigir a todos os estados membros, de forma a minimizar o problema da poluição atmosférica. Como não é possível eliminar as emissões da indústria e da agropecuária do país até o ano de 2050 sem afetar o seu desenvolvimento, o governo decidiu focar-se na mobilidade.

O país tem investido no desenvolvimento de carros elétricos e atualmente conta já com uma frota de 45 milhões de carros, dos quais apenas 25 mil são totalmente elétricos e 150 mil são híbridos.

A Alemanha estabeleceu também um prazo máximo (2030), para todos os novos carros que forem registados no país. O objetivo da medida obriga todos os carros a estarem livres de emissões de gases estufa e outros poluentes até 2030.

ar-poluido

No seguimento desta estratégia de combate à poluição atmosférica, a empresa francesa Alstom apresentou o primeiro comboio de passageiros, alimentado completamente por hidrogénio. Este comboio será colocado em serviço na linha Buxtehude-Bremervörde-Bremerhaven-Cuxhaven da Alemanha, na Baixa Saxônia, até Dezembro de 2017. Após dois anos em desenvolvimento, o comboio “Coradia iLint” oferece uma alternativa de emissões zero à Alemanha.

O primeiro comboio do mundo movido a hidrogénio entrou em movimento em setembro de 2018.

O Coradia iLint é um novo comboio regional, livre de emissões de CO2 e uma alternativa ao abastecimento a diesel. É movido a células de combustível de hidrogénio e as suas únicas emissões são vapor e a água condensada, operando também com baixos níveis de ruído. A Alstom é uma das primeiras fabricantes ferroviárias do mundo a desenvolver um comboio de passageiros baseado nesta tecnologia. Para tornar a implementação do Coradia iLint o mais simples possível para as operadoras, a Alstom oferece um pacote completo, composto por comboio e manutenção, além de toda a infraestrutura de hidrogénio de uma única fonte.

O Coradia iLintEle fabricado em Salzgitter, na Alemanha, na maior unidade da Alstom, é um comboio elétrico desenvolvido com um tanque de combustível de hidrogénio colocado no telhado, que alimenta a célula de combustível para gerar eletricidade. Será o primeiro projeto para o transporte de passageiros ao longo da ferrovia. A maioria das inovações deste âmbito têm sido focada para transportes de carga.

O presidente e CEO da Alstom, Henri Poupart-Lafarge refere que: “A Alstom tem o orgulho de lançar uma inovação no campo do transporte limpo que irá completar a sua gama de comboios regionais”. “Isto mostra a nossa capacidade de trabalhar em estreita colaboração com os nossos clientes, ao desenvolver um comboio em apenas dois anos”, afirma Henri.

Fontes: Alstom, Engenhariae

… o que interessa deve ser partilhado!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.