fbpx

Programa “Sê-lo Verde” torna Festivais de Música mais sustentáveis

Festivais de Música mais verdes: “O Ambiente Aprova a Natureza Aplaude”.

Numa altura em que os festivais de música atraem mais de 2 milhões de espetadores por ano, estes eventos têm de se diferenciar para se manterem uma referência. Serem reconhecidos pelas suas iniciativas ambientais é um dos pontos a ter em consideração.

O governo português quer incentivar a adoção de critérios que reduzam os impactes e promovam o uso eficiente de recursos e é nesse sentido, que surge o programa “Sê-lo Verde”, que se destina a apoiar medidas inovadoras, de caráter e impacto ambiental positivo, a serem implementadas em festivais de música.

Nos festivais de música em Portugal, “a água consumida seria suficiente para encher quatro piscinas olímpicas, o combustível gasto permitiria 5.500 viagens de autocarro entre Lisboa e o Porto, os resíduos produzidos encheriam 200 camiões de lixo e as emissões de dióxido de carbono equivaleriam às de 850 viagens de avião entre Lisboa e o Porto”.

O programa “Sê-lo Verde”, surge no sentido de tentar combater e minimizar estes números. É uma iniciativa do Ministério do Ambiente e Fundo Ambiental e destaca os seguintes objetivos:

  • Incentivar a adoção de critérios ambientais que contribuam, de modo efetivo, para uma redução de impactes e eficiência no uso de recursos materiais e energéticos em festivais de música organizados em Portugal;
  • Incentivar a adoção de abordagens inovadoras para um uso eficiente e produtivo dos recursos;
  • Contribuir para a educação e sensibilização ambiental dos grupos de interesse envolvidos – promotores, marcas, municípios, espetadores e comércio local envolvente;
  • Valorização e promoção da vertente ambiental do evento, junto do público nacional e internacional, pelos promotores, marcas e instituições públicas associadas.

 

Ações propostas para a melhoria da qualidade ambiental nos festivais de música

– Produção de energia no recinto através de bicicletas com dínamo;

– Poder reutilizar as estruturas e materiais promocionais;

– Deslocação de bicicleta com parques seguros;

– Incentivos ao uso de transportes públicos e car sharing;

Bilhetes eletrónicos;

Mais ecopontos nos recintos e sacos para colocar os resíduos;

– Plantar árvores e plantas, mais espaços verdes;

Casas de banho ecológicas, com sabão biodegradável;

Cinzeiros portáteis e ecopontos para pastilhas elásticas;

– Aumentar a reciclagem e compostagem;

– Maior eficiência energética e uso de energias renováveis.

O programa Sê-lo Verde, suportado por verbas do Fundo Ambiental 2017, atribuirá aos promotores dos Festivais, incentivos à adoção de boas-práticas, num valor total de 500.000 euros.

Fontes: Eco.nomia, DNJpn

Imagem de destaque: Pixabay

… o que interessa deve ser partilhado!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.