alterações climáticas noctula consultores em ambiente

Alterações Climáticas: Este mundo está perdido?

BlogComments (3)1433

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pagePin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Alterações Climáticas, tal como o nome indica, são as alterações que se verificam no clima do nosso planeta.

O clima da Terra é influenciado principalmente pela quantidade de energia que recebemos do sol, mas também por fatores como a quantidade de gases com efeito de estufa (GEE) e aerossóis (pequenas partículas) presentes na atmosfera, e as propriedade da superfície terrestre, que determinam como a energia solar é retida ou refletida de volta para o espaço.

emissões poluentes gases com efeito de estufa europa

Segundo a Agência Europeia do Ambiente, as temperaturas estão a subir, os padrões de chuva estão a mudar, os glaciares estão a derreter, e o nível médio da água dos mares está a aumentar. É muito provável que a maior parte do aquecimento observado desde meados do século XX se deva a atividades humanas.

A temperatura global subiu cerca de 0,8 ºC nos últimos 150 anos. Dos dez anos mais quentes, nove deles ocorreram depois de 2000, demonstrando uma tendência contínua no aquecimento global de longo prazo.

A Agência Portuguesa do Ambiente defende que para fazer face ao problema das Alterações Climáticas existem essencialmente, duas linhas de atuação – mitigação e adaptação. Enquanto a mitigação é o processo que visa reduzir a emissão de GEE para a atmosfera, a adaptação é o processo que procura minimizar os efeitos negativos dos impactes das alterações climáticas nos sistemas biofísicos e socioeconómicos.

Uma vez que as Alterações Climáticas constituem um problema global, as decisões no que respeita quer à mitigação quer à adaptação envolvem ações ou opções a todos os níveis da tomada de decisão, desde o nível mais local e da comunidade ao nível internacional.

O Governo Português, em resposta aos desafios da adaptação às alterações climáticas, criou um instrumento que promove a identificação de um conjunto de linhas de acção e de medidas de adaptação a aplicar – Estratégia Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas – ENAAC.

A resposta da União Europeia ao problema das alterações climáticas é reduzir até 2030 pelo menos 40% as emissões poluentes de gases com efeito de estufa. Para atingir esta meta, terão de ser reduzidas as emissões do sistema de comércio de emissões da UE, terá que aumentar a eficiência energética e a quota de energias renováveis.

A União Europeia compromete-se ainda em participar ativamente nas negociações sobre um novo acordo internacional sobre o clima, que deve entrar em vigor em 2020.

Para fazermos face ao problema das alterações climáticas, a conservação da natureza, a redução da emissão dos gases com efeito de estufa, assim como a promoção de estilos de vida sustentáveis, são fatores fundamentais.

alterações climáticas noctula consultores em ambiente

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pagePin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Related Posts