O lixo no mar, não está apenas a boiar, grandes quantidades de resíduos podem estar escondidos no fundo dos oceanos ou fragmentados em pedaços tão pequenos que não são captados pelas análises convencionais. Essas partículas estão a ser ingeridas por animais marinhos – o que pode resultar em consequências desconhecidas para a cadeia alimentar e para o Homem.

5 países são responsáveis por milhões de toneladas de lixo no mar

Blog, ResíduosComentários fechados em 5 países são responsáveis por milhões de toneladas de lixo no mar8397

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pagePin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

A China, Indonésia, Filipinas, Vietname e Sri Lanka são cinco dos principais responsáveis pelas oito milhões de toneladas de lixo no mar lançado anualmente, refere um estudo divulgado na revista Science.

Essa quantidade poderia cobrir 34 vezes toda a área da ilha de Manhattan, em Nova York, com uma camada de lixo à altura dos joelhos de uma pessoa.

O lixo no mar não está apenas a boiar, grandes quantidades de resíduos podem estar escondidos no fundo dos oceanos ou fragmentados em pedaços tão pequenos que não são captados pelas análises convencionais. Essas partículas estão a ser ingeridas por animais marinhos – o que pode resultar em consequências desconhecidas para a cadeia alimentar e para o Homem.

O lixo no mar, não está apenas a boiar, grandes quantidades de resíduos podem estar escondidos no fundo dos oceanos ou fragmentados em pedaços tão pequenos que não são captados pelas análises convencionais. Essas partículas estão a ser ingeridas por animais marinhos – o que pode resultar em consequências desconhecidas para a cadeia alimentar e para o Homem.

O estudo divulgado pela revista Science investigou os quase 200 países que são banhados pelos mares e oceanos, e fez uma lista dos maiores responsáveis pelo lançamento desses resíduos no mar.

As 20 nações que despejam as maiores quantidades são responsáveis por 83% do plástico mal gerido, que pode entrar nos oceanos.

A China, apesar de começar a apostar em melhorar o ambiente e a investir em energias renováveis, ocupa o topo da lista, produzindo mais de um milhão de toneladas que vai parar ao mar. Mas a equipa ressalva que é preciso ter em conta a imensa população do país e a extensão da sua costa. A União Europeia ocupa o 18º lugar na lista, enquanto os E.U.A. o 20º lugar.

Com o crescimento da população, o aumento do consumo de plástico e da produção de resíduos, em 2025 o valor duplica“, disse a investigadora da Universidade de Geórgia, Jenna Jambeck.

A investigadora disse também que os países em rápido desenvolvimento tendem a ser os que mais contribuem para a existência de plástico nos oceanos por serem os que têm menor capacidade para desenvolver um sistema de gestão de resíduos adequados.


O que faz a NOCTULA – Consultores em Ambiente na área dos Resíduos?

  1. Desenvolvemos planos de gestão de resíduos.

No caso de grandes superfícies comerciais (centros comerciais, hipermercados) a gestão de resíduos é muito complexa. Veja o projeto de gestão de resíduos que a NOCTULA – Consultores em Ambiente desenvolveu no Palácio do Gelo Shopping em Viseu: http://noctula.pt/?p=773.

Caso necessite de algum serviço na área dos Resíduos, não hesite em contactar-nos: 232 436 000.

Fonte: Globo, Jornal de Notícias, BBC

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pagePin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Related Posts