fbpx

Sistemas Agrivoltaicos: Um novo modelo de utilização do solo à sombra de painéis solares

As alterações climáticas representam nos dias de hoje, a maior ameaça para sustentabilidade do nosso planeta. O consumo de combustíveis fósseis e a agricultura são dois grandes responsáveis pelo agravamento deste problema, em grande parte devido à emissão de gases com efeitos de estufa (GEE). 

Como estratégia de minimização destes efeitos, vários países preveem nos seus planos climáticos, a integração e implementação de estratégias, que por um lado, impulsionem a produção de energia através de fontes renováveis e por outro, promovam uma agricultura mais sustentável. Então porque não combinar estes dois setores? 

O setor solar fotovoltaico está a atravessar uma fase de rápido crescimento a nível global, o que lhe confere uma enorme oportunidade para integrar modelos operacionais de baixo impacte ambiental, ou seja, modelos capazes de criar também benefícios positivos para o solo, ecossistemas, território e agricultura.

Tendo em consideração os fatores rentabilidade e sustentabilidade dos solos, vários países a nível mundial, têm implementado projetos que visam a máxima sinergia e complementaridade entre a energia solar fotovoltaica e a agricultura através da instalação de painéis solares em terrenos de produção agrícola.

Esta abordagem inovadora, designada de Sistemas Agrivoltaicos, tem se posicionado como uma das referências de sustentabilidade e uma aliada importante para a transição energética e ecológica.

Sistemas Agrivoltaicos

O conceito Agrivoltaico consiste na combinação da agricultura com a produção de energia solar fotovoltaica, ou seja, a mesma superfície de terreno, pode ser aproveitada tanto para obter energia solar como produtos agrícolas.

Atualmente os modelos implementados para a produção de energia solar, envolvem a colocação de fileiras de painéis fotovoltaicos, que cobrem hectares de terra que poderiam ser usados e aproveitados para a produção de produtos agrícolas.

Mas será que os Sistemas Agrivoltaicos podem ser a solução? Será possível combinar, de forma rentável e sustentável, projetos de energia solar fotovoltaica e projetos de produção agrícola?

Esta é atualmente uma preocupação partilhada tanto por promotores como investidores ligados ao setor.

Um estudo realizado por investigadores da Oregon State University, nos EUA, publicado na revista científica Nature, explica que os painéis solares podem criar um microclima de arrefecimento que melhora as condições de várias culturas agrícolas, podendo aumentar o seu rendimento e produtividade. Concluíram ainda, que o mesmo efeito de arrefecimento pode também melhorar a eficiência dos painéis solares.

O mesmo estudo afirma que “a procura global de energia seria compensada pela produção solar se pelo menos 1% da área cultivada fosse convertida em sistema agrivoltaico”.

Esta combinação começou a ser considerada uma opção viável à poucos anos e atualmente, é vista como uma alternativa interessante aos parques solares convencionais.

Mas, nem todas as explorações agrícolas são adequadas para implementação deste tipo de sistema. Por isso é necessário que os projetos sejam devidamente  acompanhados e coordenados por especialistas na área.

A aposta crescente em sistemas agrivoltaicos a médio/longo prazo, poderá ajudar a compensar o impacto das condições climáticas extremas, reduzindo o uso de água e aumentando a produção de produtos agrícolas.

Apoiamos a sua empresa!

A NOCTULA – Consultores em Ambiente e os seus parceiros pode apoiar os promotores deste tipo de projetos, em várias áreas de intervenção, nomeadamente:

  • Estudos de impacte a nível ambiental na Entomofauna;
  • Estudos de impacte a nível ambiental na Stock do Carbono (C) no Solo;
  • Monitorização de sistemas ecológicos (Flora e Vegetação).

 

Podemos apoiar os promotores nas três fases distintas do projeto:

  • Situação de Referência (fase de pré-construção);
  • Fase de construção;
  • Fase de Exploração (com duração prevista de 20 anos).

 

Se precisar de apoio nestas áreas, não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.

… o que interessa deve ser partilhado!

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.