fbpx

Portugueses produziram mais resíduos urbanos em 2014

Segundo o Relatório Anual de Resíduos Urbanos (RARU), em 2014 foram produzidas em Portugal, 4 719 mil toneladas de Resíduos Urbanos, mais 2% do que em 2013, invertendo-se a tendência de decréscimo constatada nos últimos anos.

O RARU é uma publicação periódica da Agência Portuguesa do Ambiente que faz um ponto de situação do desempenho nacional em termos de gestão de resíduos urbanos, essencial para monitorizar a evolução das políticas preconizadas no Plano Estratégico de Gestão de Resíduos Urbanos (PERSU), com ênfase no comportamento dos Sistemas de Gestão de Resíduos Urbanos.

Relativamente ao encaminhamento direto de Resíduos Urbanos para as operações de gestão de Resíduos Urbanos Biodegradáveis (RUB), verifica-se a seguinte distribuição:

  • 42% para aterro;
  • 19% para incineração com recuperação de energia,;
  • 19% para tratamento mecânico e biológico;
  • 2% para valorização orgânica;
  • 9% para tratamento mecânico;
  • 9% para valorização material.

 

Destaca-se a estabilização dos quantitativos recolhidos seletivamente e encaminhados para valorização material, que não estão em linha com esforços e investimentos que têm sido feitos no sentido de aproximar os equipamentos de deposição seletiva à população e que representam um risco para o cumprimento de metas. Relativamente ao cumprimento das metas comunitárias, verifica-se que:

  • No caso do desvio de RUB de aterro, registou-se 52% de deposição (face a 1995).
  • Face à meta de reciclagem de RU definida para 2020, Portugal encontra-se bastante aquém do objetivo, sendo necessário um esforço considerável para o cumprimento da meta no curto intervalo de tempo até 2020.

No caso de grandes superfícies comerciais (centros comerciais ou hipermercados) a gestão de resíduos é muito complexa. Veja o projeto de gestão de resíduos que a NOCTULA – Consultores em Ambiente desenvolveu no Palácio do Gelo Shopping em Viseu: www.noctula.pt/?p=773.

… o que interessa deve ser partilhado!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.