Turismo Sustentável: Açores distinguido com o prémio “Best of Nature”

Ambiente, Biodiversidade, Blog, Ecossistemas, sustentabilidadeComentários fechados em Turismo Sustentável: Açores distinguido com o prémio “Best of Nature”667

Depois de em dezembro de 2019 se terem tornarem o primeiro arquipélago do mundo com um Certificado de Destino Turístico Sustentável pelo Global Sustainable Tourism Council (GSTC), os Açores receberam recentemente um novo prémio. Desta vez receberam a distinção de “Best of Nature” dos Sustainable Destination Awards, atribuída pela Green Destinations, uma rede de organizações internacionais especializadas em turismo sustentável.

Green Destinations organiza todos os anos o concurso dos 100 Melhores Destinos Sustentáveis. Os vencedores são anunciados numa cerimónia no ITB Berlin, no entanto, este ano a cerimónia de entrega de prémios foi adiada para Outubro, aquando dos Global Green Destination Days, em Bodrum, na Turquia.

Em 2020, os vencedores das 7 categorias distinguidas no Sustainable Destination Awards, foram:

–  ITB Earth Award | Quality Coast Delta, Holanda

– Best of Communities & Culture | Douglas Shire, Austrália

– Best of Nature | Açores, Portugal

– Best of Africa | Khoadi //Hoas Conservancy, Namíbia

– Best of Asia-Pacific | North-East Yilan Coast, Taiwan

– Best of the Americas | Vail, Colorado (USA)

– Best of Europe | Eslovénia

No ano passado, os Açores já tinham sido distinguidos na categoria “Best of Europe”, como uma das regiões que mais contribuíram para o turismo sustentável em Portugal. Em 2018, a região tinha sido reconhecida na categoria “Best of the Atlantic”. O arquipélago é também a única região do país a receber a distinção de “Quality Coast Platina”, prémio atribuído em 2014.

As escolhas, por categorias, dos destinos mais verdes e sustentáveis do mundo, são feitas por um conjunto de especialistas, que elege os vencedores após análise dos “casos de sucesso em sustentabilidade” submetidos por candidatura. Entre os critérios, a fundação analisa as boas práticas na gestão turística dos destinos com vista ao futuro.

Esta distinção é uma mais valia e um cartão-de-visita para promover Portugal num mercado que valoriza os destinos sustentáveis.

Marta Guerreiro, da secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo, referiu  que esta distinção “vem reforçar o posicionamento do arquipélago no desenvolvimento sustentável do setor do turismo”. Realça ainda o facto de que os turistas que visitam as ilhas, o fazem precisamente porque os Açores são reconhecidos como um destino de experiências que podem ser vivenciadas na natureza.

Aquando da Certificação de Destino Turístico Sustentável em 2019, Luigi Cabrini, presidente do conselho de administração ​da GSTC, já tinha referido que os “Açores são um exemplo da parte boa do turismo. Um arquipélago onde até a promoção e o destino é feito tendo em conta o real valor da ilha, a cultura, o ambiente e as tradições”.

A Certificação de Destino Turístico Sustentável tem em conta parâmetros como:

  1. a conservação da energia e da água;
  2. a emissão de gases com efeito de estufa;
  3. a qualidade do ar;
  4. a poluição ruidosa e luminosa;
  5. a gestão dos ecossistemas;
  6. os transportes;
  7. gestão cultural e social.

Ainda no âmbito dos prémios para os destinos mais sustentáveis do mundo entregues pela Green Destinations, a cidade de Torres Vedras também conquistou o 2.º lugar da categoria “Best of Communities & Culture”, através do Projeto de Valorização do Castro do Zambujal que foi distinguido como um caso de boas práticas, tendo assim conquistado o reconhecimento internacional.

O Projeto de Valorização do Castro do Zambujal, foi inaugurado a 1 de dezembro de 2018 e contempla empreitadas de conservação e restauro, paisagismo e museografia digital.

Os destinos distinguidos apresentam boas práticas de envolvimento das comunidades locais no turismo, assim como boas práticas que visam evitar a massificação do turismo.

Com a atribuição destes prémios, a Green  Destinations pretende promover e partilhar os esforços de países, municípios e áreas protegidas em torno do turismo sustentável e da sustentabilidade.


Leia ainda os artigos:

Regiões para turismo de natureza em Portugal

O novo projeto LIFE Azores Natura


Fontes: Públicogreendestinations, Ambiente Magazine

Related Posts