fbpx

Ambiente na Europa precisa de mais ousadia

A Agência Europeia do Ambiente afirma que as políticas ambientais resultaram, mas continuam a ser necessárias mudanças nos sistemas de consumo e produção que se encontram na origem dos problemas ambientais. Defende ainda que, o setor ambiental foi um dos poucos que cresceu em receitas e emprego nos últimos anos.

Hoje, os europeus usufruem de ar e água mais limpos, são depositados menos resíduos em aterros e são reciclados mais recursos. No entanto, a Europa continua a ter um longo caminho a percorrer para alcançar o objetivo de «viver bem dentro dos limites do nosso planeta» em 2050, estabelecido no 7.º Programa de Ação em matéria de Ambiente.

A gestão de resíduos melhorou nos últimos anos, sendo gerados e depositados em aterro menos resíduos. Os países da AEA alcançaram em 2012 uma taxa média de reciclagem de 29 %, em comparação com os 22 % de 2004.

Em comunicado, a Agência Europeia do Ambiente afirma que nas zonas urbanas, a poluição atmosférica e sonora continua a ter impacte grave na saúde. Em 2011, cerca de 430 000 mortes prematuras na UE foram atribuídas às partículas finas em suspensão, enquanto a exposição ao ruído ambiente contribui anualmente, no mínimo, para 10 000 casos de morte prematura por doenças cardíacas.

Segundo o relatório “O Ambiente na Europa – Estado e Perspetivas 2015” (SOER 2015), o setor ambiental cresceu mais de 50 % de 2000 a 2011, sendo um dos poucos que progrediu em termos de receitas e empregos desde a crise financeira de 2008.

As políticas europeias em matéria de ambiente e clima resultaram em benefícios substanciais, melhorando o ambiente e a qualidade de vida fomentando simultaneamente a inovação, a criação de emprego e o crescimento. Apesar destes progressos, a Europa continua a enfrentar uma série de desafios ambientais persistentes e crescentes. Enfrentá-los exigirá mudanças fundamentais nos sistemas de produção e consumo que se encontram na origem dos problemas ambientais.

“O Ambiente na Europa – Estado e Perspetivas 2015” (SOER 2015) constitui uma análise integrada do ambiente na Europa. Inclui ainda avaliações e dados a nível regional, nacional e mundial, bem como comparações entre países.

A Agência Europeia do Ambiente (AEA) é uma agência da União Europeia. A sua missão é apoiar o desenvolvimento sustentável e contribuir para uma melhoria significativa e mensurável do ambiente na Europa, fornecendo, em tempo útil, informação específica, pertinente e fiável aos decisores políticos e ao público em geral.

… o que interessa deve ser partilhado!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.