fbpx

Parque Eólico de Mirandela – Plano de Florestação e Monitorização

A NOCTULA – Consultores em Ambiente, foi responsável pela elaboração de um Plano de Florestação e Monitorização (PFM),  no âmbito do ponto 6 da Declaração de Impacte Ambiental (DIA) – Elementos a apresentar previamente ao Licenciamento do Parque Eólico de Mirandela.

O PFM tem como objetivos assegurar a arborização, com espécies autóctones, em áreas cujo, coberto vegetal é destruído ou condicionado pela execução e ou exploração de um parque eólico, incluindo a área correspondente à faixa de proteção da linha elétrica de ligação à subestação.

O plano para o Parque Eólico de Mirandela diz respeito concretamente ao planeamento das intervenções florestais, que deverão garantir a implementação de espécies autóctones e a sua sustentabilidade, na envolvente próxima do Parque Eólico.

A implementação do PFM, para além de dar cumprimento à legislação, também está em consonância com a Política de Qualidade, Ambiente e Segurança do promotor do Parque Eólico, que pretende sempre que possível, minimizar os impactes ambientais decorrentes desta atividade.

Plano de Florestação – objetivos:
  • As operações silvícolas preconizadas, permitem a médio e longo prazo, melhorar significativamente o estado vegetativo, a consolidação do povoamento e a proteção da floresta contra incêndios.
  • Este plano promove também os benefícios do povoamento, quer ao nível da produção quer ao nível da proteção e conservação da biodiversidade e da paisagem, permitindo um impacte positivo a médio/longo prazo, ao nível da redução da erosão do solo na área de plantação e das margens da linha de água.

 

No âmbito do deste plano de arborização, foi necessário proceder à elaboração de um plano de monitorização para os próximos anos, de forma a perceber qual o sucesso obtido com a implementação do plano de florestação, em termos de abundância e vigor das plantas.

Plano de Monitorização

O plano de monitorização permite avaliar se as ações de compensação de impactes, integrados no âmbito do plano de florestação, no Parque Eólico de Mirandela e respetivo corredor da Linha de Transporte de Energia, cumpriram os objetivos traçados.

A análise dos efeitos da plantação é efetuada através da avaliação dos seguintes parâmetros:

  • Altura e número de indivíduos de espécies plantadas;
  • Taxas de crescimento e sobrevivência dos indivíduos de espécies plantadas.

 

O Plano de Monitorização teve inicio um ano após as plantações e manteve-se em vigor até à fase final da construção do Parque Eólico.

NOCTULA – Consultores em Ambiente elabora e implementa planos de gestão para espécies específicas de fauna e flora e medidas de minimização e compensatórias de impactes sobre as mesmas.

O Plano de Monitorização dirigido à espécie Murbeckiella sousae na área dos parques eólicos de Seixinhos e Penedo Ruivo (Serra do Marão) foi um dos muitos trabalhos realizados pela NOCTULA – Consultores em Ambiente no âmbito da Monitorização de Sistemas Ecológicos.

Caso necessite de algum serviço na área da Monitorização de Sistemas Ecológicos, não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.

… o que interessa deve ser partilhado!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.