Transporte de uma pá eólica de 45 metros

Como se leva uma pá eólica de 45 metros até ao cimo da Serra do Caramulo? :)A NOCTULA está a acompanhar este transporte. O camião tem um reboque extensível que vai aumentando e diminuindo conforme as curvas e as rodas de trás são independentes das rodas da frente!Veja mais sobre acompanhamento de obra: http://noctula.pt/acompanhamento-de-obra/.

Publicado por Noctula - Consultores em Ambiente em Terça-feira, 10 de Novembro de 2015

Acompanhamento Ambiental e Arqueológico de obra – Parque Eólico e Linha de Transporte de Energia

Blog, ProjetosComments (1)1390

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pagePin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

A NOCTULA – Consultores em Ambiente foi responsável pelo acompanhamento ambiental e arqueológico da obra de construção do Parque Eólico do Guardão e respetiva linha de transporte de energia entre Caramulo e Tábua.

O Parque Eólico do Guardão está localizado na Serra do Caramulo, no Concelho de Tondela e abrange uma área de cerca de 475 ha. A ligação à rede elétrica será efetuada a partir da subestação edificada no Parque Eólico de Guardão que se ligará à subestação de Tábua, freguesia de São João da Boa Vista, de onde sairá a Linha de Transporte de Energia Caramulo – Tábua, uma linha aérea de transporte de eletricidade, a 60 kV com o objetivo de escoar a eletricidade gerada, cuja estimativa anual ronda os 70 GWh.

Acompanhamento ambiental e Arqueológico

obra parque eólico

fundação aerogerador

Constituem responsabilidades da Equipa de Gestão Ambiental:

– Assegurar e verificar a implementação do Plano de Acompanhamento Ambiental da Obra (PAAO);
– Efetuar visitas periódicas à obra;
– Estar presente em todas as reuniões de obra relevantes para o acompanhamento ambiental;
– Efetuar ações de sensibilização ambiental ao empreiteiro (as ações devem estender-se a todos os intervenientes na obra);
– Identificar e submeter à aprovação do dono de obra, a necessidade de revisão das medidas de minimização preconizadas no PAAO;
– Elaborar e manter atualizada a lista de legislação ambiental aplicável à empreitada, e que está preconizada no PAAO;
– Organizar e manter atualizado o dossier de ambiente de obra;
– Proceder, em cada visita efetuada, e sempre que aplicável, ao registo de constatações ambientais (identificação de situações que constituam não conformidades com a legislação ambiental em vigor, com a Declaração de Impacte Ambiental (DIA), com o parecer de Relatório de Conformidade Ambiental com o Projeto de Execução (RECAPE), ou situações que, ainda que não constituam não conformidades, careçam da tomada de medidas de minimização adicionais com vista à sua correção e/ou melhoria);
– Manter atualizado o mapa de registo e acompanhamento de constatações ambientais, o qual deverá incluir igualmente as reclamações ou queixas de entidades oficiais, associações ou particulares;
– Elaborar relatórios mensais de acompanhamento ambiental de obra;
– Comunicar ao Empreiteiro alterações no PAAO, nomeadamente no que respeita às medidas de minimização preconizadas no mesmo;
– Identificar e submeter à apreciação do dono de obra condicionamentos ambientais a introduzir na planta de condicionamento ambiental.

transporte pá aerogerador

acompanhamento ambiental e arquiológico

O projeto para a construção do Parque Eólico do Guardão foi ainda sujeito à realização de trabalhos arqueológicos decorrentes do parecer da Comissão de Avaliação – Decisão sobre a Conformidade Ambiental do Projeto de Execução (DCAPE) n.º 2227. Em resultado da pré-avaliação de impactes arqueológicos, efetuada no âmbito do Relatório de Conformidade Ambiental do Projeto de Execução (RECAPE) entendeu-se, como medida preventiva de caráter geral, que teriam de ser realizados trabalhos de acompanhamento arqueológico.

De modo a dar-se cumprimento à DCAPE deste parque eólico foi, então, apresentada uma proposta de intervenção a qual contemplava para além do acompanhamento arqueológico, um conjunto medidas a implementar em alguns elementos patrimoniais, de modo a garantir a sua preservação, salvaguarda e valorização.

A intervenção arqueológica realizou-se ao abrigo Lei n.º 107/2001, de 8 de setembro (Lei do Património Cultural) e do Decreto-Lei n.º 164/14 de 04 de novembro (Regulamento de Trabalhos Arqueológicos), sendo devidamente autorizada pela Direção Regional de Cultura Centro (DRCC).

A NOCTULA – Consultores em Ambiente prestou serviços de Acompanhamento Ambiental em várias obras, nomeadamente no Parque Eólico de São Macário II e na Central Fotovoltaica Ovar.

Necessita de fazer a Gestão Ambiental da sua obra? Caso necessite de esclarecer alguma dúvida, não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInBuffer this pagePin on PinterestTweet about this on TwitterEmail this to someone

Related Posts