fbpx

Hidrogénio Verde – A energia do futuro

Num mundo cada vez menos dependente de combustíveis fósseis, o hidrogénio (H2) assume um papel cada vez mais importante nos processos de transição energética e neutralidade carbónica. 

A sua importância para um desenvolvimento económico mais sustentável tem sido mote para novos projetos e alianças nacionais e internacionais. Seja em aplicações concretas para indústria e transportes ou na investigação e desenvolvimento de novas soluções, o H2 já é considerado um dos principais elementos de mudança no setor da energia em todo o mundo.

Considera-se hidrogénio verde o elemento produzido exclusivamente a partir de processos que utilizem energia de fontes de origem renovável. Por essa razão o hidrogénio verde deve ser entendido como hidrogénio renovável, cujas emissões de Gases com Efeito de Estufa (GEE) ao longo do ciclo de vida da sua produção devem ser zero ou muito próximas de zero.

Como é que o hidrogénio verde pode ser produzido?

O hidrogénio verde pode ser produzido a partir da eletrólise da água, processo este alimentado por eletricidade renovável. 

Pode igualmente ser produzido a partir da biomassa, através de processos de gaseificação, conversão bioquímica ou por reformação do biogás, desde que os requisitos de sustentabilidade sejam cumpridos.

A sua produção pode realizar-se através de tecnologias bastante diversificadas, as quais necessitam sempre de energia, sob a forma de calor, luz ou eletricidade, para assegurar o processo.

Portugal tem-se colocado no pelotão da frente para o desenvolvimento de uma economia nacional e europeia do hidrogénio verde, tendo apresentado em 2020 a Estratégia Nacional para o Hidrogénio (EN-H2), cujo principal objetivo passa por promover a introdução gradual do hidrogénio, assumindo como principais metas para 2030:

  • 5% de hidrogénio verde no consumo final de energia, no transporte rodoviário e na indústria;
  • 5% de hidrogénio verde injetados nas redes de gás natural;
  • 50 a 100 estações de abastecimento para hidrogénio entre 2 a 2,5 GW de capacidade de produção (eletrolisadores).
Principais vantagens do hidrogénio para Portugal:

Especificamente para Portugal e em complementaridade com a estratégia de eletrificação, o hidrogénio tem como principais vantagens:

  • Reduzir as importações e a dependência energética;
  • Contribuir para o cumprimentos das metas nacionais da Energia – Clima;
  • Promover a Inovação, Investigação e Desenvolvimento;
  • Descarbonizar a indústria (ex: refinação; metalúrgica; química, extrativa; cerâmica e vidro);
  • Promover novos usos para as infra estruturas de gás natural;
  • Descarbonizar os transportes (ex: aéreo, rodoviário, ferroviário, fluvial);
  • Dinamizar novas indústrias e serviços;
  • Posicionar Portugal como exportador de H2 verde;
  • Descarbonizar a produção de eletricidade e calor;
  • Contribuir para a segurança energética nacional (ex: armazenamento).

Até 2030, o grande objetivo assumido pela Europa e por vários países a nível mundial, é que a grande maioria da eletricidade gerada seja de origem renovável. 

O hidrogénio, mais propriamente o H2 verde, tem tido lugar de grande destaque neste final de ano 2021 e começa a dar grande passos a caminho da viabilidade económica, que permitirá um uso cada vez mais acessível deste elemento em vários setores. Este é grande motivo pelo qual o mundo inteiro está de olhos postos na produção de hidrogénio verde, considerado como uma possível arma na luta contra a crise climática e uma vantagem enorme a favor da sustentabilidade ambiental e energética.

Apoiamos a sua empresa!

A NOCTULA – Consultores em Ambiente pode apoiar a sua empresa, em várias áreas de intervenção:

  1. Pedidos de Enquadramento no RJAIA;
  2. Estudos relacionados com os procedimentos de Avaliação de Impactes (EIA) e Incidências Ambientais (EIncA);
  3. Estudos de Macrocondicionantes Ambientais;
  4. Monitorizações de Sistemas Ecológicos;
  5. Planos de gestão para espécies específicas de fauna e flora;
  6. Medidas de minimização e compensatórias.

 

Se precisar de apoio neste âmbito, não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.

… o que interessa deve ser partilhado!

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.