A maior turbina eólica do mundo desenhada para Parques Eólicos Offshore

Ambiente, Blog, Eficiência Energética, Energia, Energia Eólica, Energia Renovável Offshore, Energias Renováveis, sustentabilidadeComentários fechados em A maior turbina eólica do mundo desenhada para Parques Eólicos Offshore533

A multinacional Siemens Gamesa, empresa fornecedora de soluções de energia eólica (onshore e offshore), lançou recentemente a maior turbina eólica do mundo, com uma capacidade 14 MW, podendo ainda ser otimizada para os 15 MW usando a função Power Boost).

Tendo em conta o consumo médio na Europa, cada turbina deste novo modelo é capaz de abastecer, sozinha, o consumo energético de 18 mil famílias.

Esta torre eólica pertence a uma nova geração de aerogeradores da Siemens Gamesa desenhados para os parques eólicos offshore (marítimos), confirmando o facto de que o setor energético continua a apostar na inovação, mesmo sentindo alguma estagnação da produção eólica onshore (em terra). A produção de energia eólica no mar é agora a nova aposta e o futuro para a produção desta energia limpa.

Os departamentos de inovação e desenvolvimento de produto de várias empresas de energia, vão criando máquinas cada vez maiores e mais potentes para gerar no mar, energia limpa que consumiremos em terra.

Económica e ambientalmente, a aposta em turbinas eólicas cada vez maiores e mais potentes faz todo o sentido. Segundo um estudo realizado por cientistas suíços e holandeses, liderados por Marloes Caduff do Instituto de Engenharia Ambiental da ETH Zurich, quanto maior for o tamanho do aerogerador, mais sustentável será a eletricidade produzida. Este efeito deve-se tanto ao tamanho da turbina, como ao conhecimento e experiência adquiridos com a tecnologia ao longo do tempo.

Nova turbina eólica offshore – SG 14-222 DD

O modelo SG 14-222 DD, consiste numa torre eólica que se carateriza pelas suas dimensões físicas, mas também pela sua capacidade de produção.

O protótipo da nova turbina eólica tem 222 metros de diâmetro e usa as novas pás da Siemens Gamesa B108. Cada uma das pás tem 108 metros de comprimento e a área coberta pela turbina chega aos 39 mil m2.

Além disso, o novo gigante offshore apresenta uma nacele leve de 500 toneladas. Os benefícios surgem na forma de custos mais baixos por turbina, minimizando os materiais adquiridos e reduzindo as necessidades de transporte.

Fonte: Siemens Gamesa

Em comunicado de imprensa, Markus Tacke, diretor-executivo da empresa, afirma que produzir energia limpa de forma segura e sustentável é o principal objetivo. Refere ainda, que o novo modelo é “um produto global que permite dar passos gigantes no sentido de proteger e preservar o planeta”.

A multinacional conseguiu a neutralidade carbónica em 2019 e prevê atingir emissões líquidas zero de CO2 até 2050.

Markus Tacke explicou também que a frota instalada do grupo (tanto offshore como onshore), tem capacidade de mais de 100 gigawatts e reduz mais de 260 milhões de toneladas de emissões de CO2 por ano”.

A Siemens Gamesa acredita que este nova turbina eólica impulsionará de forma determinante a produção de energia eólica, em detrimento da utilização de combustíveis fósseis, referindo que cada unidade deste novo modelo significará uma poupança aproximada de 1,4 milhões de toneladas de emissão de dióxido de carbono (por comparação ao carvão) durante a sua vida útil, que está estimada em 25 anos.

Relativamente às turbinas eólicas atuais, o novo modelo deverá aumentar em 25% a capacidade de produção de energia.

O protótipo estará pronto em 2021 e a comercialização está prevista para 2024.

Segundo os últimos relatórios sobre a utilização de energia renovável citados pela Redes Energéticas Nacionais (REN), Portugal é um dos países que mais recorre às energias renováveis. O último balanço refere que em 2019, 51% da energia consumida pelo nosso país foi renovável. Entre as renováveis, a energia eólica é a mais relevante, sendo responsável por 27% da produção da energia consumida em Portugal.


A NOCTULA – Consultores em Ambiente no setor das Energias Renováveis 

Consulte os serviços que a NOCTULA presta na área das Energias Renováveis: clique aqui. Caso necessite de algum tipo de serviço nesta área, não hesite em contactar-nos.

energias renováveis, energia eólica, energia solar

A NOCTULA – Consultores em Ambiente já realizou vários trabalhos relacionados com energia eólica, nomeadamente:

No âmbito de sobreequipamento de parques eólicos, tendo sido responsável pelo Pedido de Enquadramento do Sobreequipamento do parque eólico do Sobrado e pela elaboração de todos os elementos do respetivo Anexo Técnico e Anexo Cartográfico;

Realizou o Estudo de Viabilidade Ambiental de 2 parques eólicos a instalar no centro de Portugal;

Foi responsável pela Monitorização de Sistemas Ecológicos (Fauna e Flora) no Parque Eólico de São Macário II;

– Foi responsável pelo Estudo de Incidências Ambientais – Repowering do Parque Eólico Picos Verdes I

– É responsável pelo Estudo de Impacte Ambiental – repowering e sobreequipamento do Parque Eólico de Picos Verdes II

–  Entre outros projetos foi ainda responsável pela Prospeção de mortalidade de aves e quirópteros – Parque eólico da Lameira, no âmbito do projeto de extensão de pás dos aerogeradores.


Fontes: Siemens Gamesa; Press release – Siemens Gamesa

Related Posts