fbpx

Guia de identificação das espécies de aves exóticas de Portugal

O responsável pelo portal Aves de Portugal, Gonçalo Elias, lançou recentemente o seu primeiro Guia de Identificação de Aves Exóticas em Portugal.

Este Guia, com 116 páginas e cerca de 100 fotografias a cores cedidas por diversos observadores e fotógrafos de natureza, aborda a identificação das aves não nativas que ocorrem em liberdade em Portugal Continental e nas ilhas.

O Guia apresenta detalhadamente 22 espécies de aves exóticas. Para cada uma das espécies é disponibilizada a seguinte informação:

  • nome comum e nome científico;
  • características identificativas (incluindo tamanho, características físicas, vocalizações);
  • espécies semelhantes (referência a outras espécies, autóctones ou não, com as quais a espécie descrita pode ser confundida);
  • distribuição mundial (descrição sumária das regiões de origem, bem como das áreas onde foi introduzida);
  • situação em Portugal (breve historial da ocorrência e descrição da situação atual);
  • habitat, época de reprodução, mapa de distribuição no país.

 

No final é ainda apresentado um apêndice com uma lista de 103 espécies não nativas de ocorrência ocasional. Segundo o autor este capítulo aborda as espécies relacionadas com as fugas de cativeiro que não se reproduzem em liberdade.

Entre as espécies identificadas podemos encontrar: o ganso-do-egipto (Alopochen aegyptiaca), o periquitão-de-cabeça-azul (Thectocercus acuticaudatus), o mainá-de-crista (Acridotheres cristatellus), o capuchinho-dominó (Lonchura punctulata), entre muitas outras.

Objetivo

O objetivo principal consiste em fazer um ponto de situação atualizado sobre a ocorrência das espécies não autóctones em Portugal.

Segundo Gonçalo Elias, este Guia foi feito a pensar em “qualquer pessoa que se interesse pelas aves selvagens, seja para as identificar no terreno, seja para saber o ponto de situação atual de cada uma das espécies exóticas que ocorrem em liberdade no nosso país”.

O único guia anteriormente publicado sobre esta temática é da autoria de Rafael Matias e já tem quase 20 anos, estando por isso desatualizado. 

Pode adquirir o Guia de Identificação de Aves Exóticas em Portugal através da Amazon. CLIQUE AQUI.

O que são espécies exóticas?

A Convenção sobre Diversidade Biológica define como Espécie Exótica, todas as espécies que se encontram fora de sua área de distribuição natural, ou seja, que não é originária de um determinado local.

Em Portugal Continental nidificam regularmente diversas espécies de aves que não são originárias do nosso país. Para perceber melhor  o que são aves exóticas e quais as espécies não autóctones que são mais frequentes em Portugal, veja a apresentação do portal Aves de Portugal, em baixo:

Fonte: Wilder

Imagem de destaque: Retirada da plataforma pexels

NOCTULA – Consultores em Ambiente presta serviços especializados de monitorização, mitigação e investigação para aves aquáticas e marinhas, aves de rapina, passeriformes em geral, aves de montanha, estepárias e noturnas.

Metodologias:

  1. Censos de aves (transectos, pontos fixos, método dos mapas, emissão de vocalizações conspecíficas (também designado por “chamamentos de aves noturnas”);
  2. Bioacústica (monitorização e avaliação do impacte do ruído e da perturbação em bioindicadores);
  3. Radio-tracking e seguimento por satélite.

 

Conheça alguns dos trabalhos já realizados neste âmbito:

  1. Monitorização de Tartaranhão-caçador no parque eólico de Negrelo e Guilhado;
  2. Monitorização de Avifauna – Parque Eólico da Maunça (fase de construção);
  3. Monitorização de aves e quirópteros no parque eólico Enerfer I;
  4. Monitorização de avifauna e quirópteros no Parque Eólico do Guardão.

Caso necessite de algum serviço nesta área não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.

… o que interessa deve ser partilhado!

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.