fbpx

Energia Eólica: Novo Atlas Global do Vento

No final do ano 2017 foi lançado pelo Banco Mundial e a Universidade Técnica da Dinamarca (DTU) o novo Atlas Global do Vento, uma ferramenta online de acesso gratuito que permite aos decisores e investidores identificar potenciais áreas para a produção de energia eólica e realizar cálculos preliminares virtualmente, em qualquer parte do mundo.

A nova ferramenta – GWA 2.0, representa uma grande atualização da primeira versão do Global Wind Atlas (GWA 1.0), lançado em 2015. É baseada nas mais recentes tecnologias de modelação, que combinam dados climáticos de vento com informação do terreno de alta resolução (fatores que influenciam o vento, tanto em vales como em montanhas).

O GWA 2.0 foi projetado especificamente para o planeamento e modelação de Energia Eólica em escalas nacionais, regionais e globais.  No entanto, não pode ser usado para previsão precisa de turbinas eólicas e parques eólicos específicos, embora possa fornecer informações valiosas para a preparação de projetos e campanhas de medição.

A principal diferença em relação ao GWA 1.0 é que os dados climáticos do vento para a modelação em micro-escala agora provêm de modelação meso-escala de 9 km feita pela Vortex SL.

A nova ferramenta online permite:

  • Fornecer dados de recursos eólicos para efeitos de alta resolução;
  • Acesso a mapas globais, nacionais e regionais de alta resolução e a dados de sistemas de informação geográfica (SIG);
  • Uso de um modelo em microescala para capturar a variabilidade da velocidade do vento em pequena escala (crucial para melhores estimativas do recurso eólico total).
  • Fornecer novos dados globais de recursos eólicos, que contabilizam o fator climatologia de alta resolução e topografia e utilizam uma metodologia unificada e documenta.

Pode consultar as perguntas frequentes, aqui: globalwindatlas.

O projeto foi financiado pelo Energy Sector Management Assistance Program (ESMAP), baseado no mecanismo de Recursos de Energia Renovável que inclui Biomassa, pequena energia Hidroeléctrica, Solar e Eólica. Este fundo fiduciário de multidoadores é administrado pelo Banco Mundial em estreita parceria com a DTU Wind Energy.

Espera-se que o Atlas Global do Vento permita aos Governos pouparem milhões de dólares, evitando a necessidade prévia do mapeamento nacional do recurso eólico. O Atlas irá permitirá também a comparação do potencial de recurso eólico entre várias regiões ou países.

A nova ferramenta irá ajudar os Governos a tomar conhecimento do potencial eólico e perceber de que forma a energia eólica pode ser incluída no mix energético.

Há semelhança do Altlas Global do Vento, o Banco Mundial e a Corporação Financeira Internacional, disponibilizam também o Atlas Global Solar.

O objetivo principal deste Atlas Solar consiste em fornecer a todos os utilizadores, acesso rápido e fácil dos dados solares, de forma a apoiar a ampliação da Energia Solar nos países com maior potencial.

O Banco Mundial selecionou a  Solargis como seu fornecedor global de dados solares e serviços relacionados de avaliação de energia solar.

As camadas SIG (sistema de informação geográfica) e os mapas disponibilizados mostram o potencial de recursos solares, globais, regionais e nacionais.

Fonte: Aler-renovaveis, Global Wind Atlas

… o que interessa deve ser partilhado!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Leia a nossa Política de Privacidade para mais informações.