O que fazer aos Painéis Solares Fotovoltaicos em fim de vida?

Blog, Energia Solar, Energias Renováveis, ResíduosComentários fechados em O que fazer aos Painéis Solares Fotovoltaicos em fim de vida?613

Com o enorme crescimento da energia solar que se faz sentir nos últimos anos, encontrar uma solução sustentável e circular para os painéis envelhecidos é de primordial importância.

A Agência Internacional de Energia Renovável estima que até 2050 existam cerca de 60 a 78 milhões de toneladas de resíduos de painéis fotovoltaicos em todo o mundo.

Os painéis solares têm uma duração estimada entre 25 a 30 anos, o que significa que muitos dos primeiros painéis solares construídos, estão a terminar o seu ciclo de vida.

O que fazer a todos estes resíduos obsoletos?

Segundo o estudo “End of-Life Management: Solar Photovoltaic Panels“, o enorme fluxo de materiais que ficarão disponíveis, poderão ser utilizados para aumentar o stock para futuros painéis solares (cerca de 2 mil milhões de novos painéis) ou serem vendidos para outros mercados e produtos que dependam destes.

Primeira Central de Reciclagem de Painéis Solares abre em França

A empresa de serviços ambientais Veolia, inaugurou recentemente em França, um Centro de Reciclagem de Painéis Solares, considerado “o primeiro centro inteiramente dedicado à reciclagem de painéis solares na Europa e possivelmente no mundo”, segundo o comunicado de Gilles Carsuzaa, chefe de reciclagem de eletrónicos da Veolia.

A empresa estabeleceu uma contrato com a PV Cycle France e vai reciclar cerca de 1.300 toneladas de painéis solares em 2018. De acordo com a Reuters, este valor subirá para 4.000 toneladas em 2022.

A escolha da França como local para a construção deste centro, prende-se com o crescimento do setor solar no país, que tem vindo a aumentar até 40% ao ano, o que se traduz em cerca de 84.000 toneladas de material só em 2017.

A empresa pretende reciclar todos os painéis solares em fim de vida na França e construir instalações similares em outros países.

A China e os EUA, como líderes no setor da energia solar, também irão ter necessidade de construir centrais de reciclagem para lidar com estes resíduos.

Veja aqui quais são os países líderes em instalações solares e qual o volume de resíduos em fim de vida até 2050:

Fonte: IRENA

A União Europeia foi a primeira entidade mundial a adotar leis específicas para os futuros resíduos de painéis solares. A diretiva europeia incluiu objetivos específicos de recolha e reciclagem de painéis solares e obriga todos os produtores a financiar os custos desta recolha.

Esta Diretiva introduziu a obrigação legal da reciclagem de painéis fotovoltaicos, em toda a Europa. Em Portugal, a transposição da diretiva para o quadro legislativo nacional atribuiu esta responsabilidade aos produtores deste tipo de equipamentos, a partir de 8 de Maio de 2014 (Decreto-Lei nº 67/2014, de 7 de Maio).


A NOCTULA – Consultores em Ambiente já realizou vários trabalhos no âmbito da Energia Solar Fotovoltaica.

Conheça aqui alguns dos projetos:

1) Pedido de Enquadramento em AIA – Central Solar Fotovoltaica de Montemor;

2) Pedido de Enquadramento em AIA – Central Solar Fotovoltaica de Selmes;

3) Pedido de Enquadramento em AIA – Central Solar da Vidigueira;

4) Pedido de Enquadramento no procedimento AIA – Central Fotovoltaica de Alpalhão;

5) Estudo de Incidências Ambientais – Central Fotovoltaica de Mogadouro

6) Estudo de Incidências Ambientais (EIncA) relativo ao projeto Central Fotovoltaica, localizada em Ovar. Foi ainda responsável pela gestão ambiental e pelo acompanhamento arqueológico da obra de construção da mesma Central Fotovoltaica.

Caso necessite de algum serviço nestas áreas não hesite em contactar-nos: 232 436 000 ou através do email: info@noctula.pt.


Fonte: Climate Action

Related Posts